LIME - (302) Laboratório de Instrumentação e Microeletrônica

Labs   >   nPITI   >   LIME

Sobre

O laboratório atuará na concepção e a caracterização de circuitosintegrados analógicos, mistos e de RF. Metodologias de projeto em nível de transistor serão enfatizadas buscando otimização do consumo depotência, característica fundamental dos sistemas ubíquos. As pesquisasdesenvolvidas no laboratório, em articulação com os laboratórios de Sistemas Embarcados, de Sistemas em Chip, de Sistemas Ubíquos e de Instrumentação Biomédica permitirão explorar nichostecnológicos que estarão na origem de empresas inovadoras. Ademais,espera-se contribuir ativamente com o esforço de formação de projetistasde circuitos integrados necessários para atrair DHs para a região.

Objetivo

os objetivos do LIME serão os seguintes:
- Desenvolver pesquisas tecnológicas em circuitos integrados analógicos, mistos e de RF.
- Formação de recursos humanos capacitado no projeto de circuitos integrados através da participação dos docentes envolvidos no Mestrado Profissional em Sistemas Embarcados, Instrumentação e Microeletrônica (MPSEIM).
- Busca de parceria industrial para consolidar as interações com o setor produtivo.

Missão

A missão que cabe naturalmente ao Laboratório de Instrumentação e Microeletrônica (LIME) do nPITI é realizar pesquisas tecnológicas inovadoras para responder à demanda regional, ou até nacional, para soluções em sistemas integrados. De fato, com instituições de pesquisa tais como o Centro Regional do Nordeste do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE-CRN), o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) ou o Instituto do Cérebro (Ice), juntas com indústrias regionais como a COSERN, ou até locais como a Potychip, existe na capital potiguar um nicho para implantação de uma design house especializada em projetos de circuitos integrados analógicos, mistos e de RF.
Além disso, o LIME permitirá a capacitação de pessoal numa área estratégica para o estado e para o país.

Infraestrutura

Área destinada ao LIME: 67,2 m² (6,0 m x 8,40 m).

Mobiliário definido em projeto: três armários altos; vinte armários suspensos; vinte e uma cadeiras giratórias tipo digitador; vinte mesas tampo reto (1,20 m x 0,60 m x 0,70 m); duas mesas tampo reto (1,60 m x 0,60 m x 0,70 m); uma bancada de trabalho (6,00 m x 0,70 m) 

Equipamentos definidos em projeto: um split (18.000 BTUs); um split (24.000 BTUs); dois no-breaks (3 kVA), um switch de borda nível 2; vinte notebook tipo II.

Equipamentos em contrapartida: 
- Licencas de software de concepção de circuitos integrados: ADS-Agilent, Cadence, Synopsys.
- Design Kits: STMicroeletronics, IBM, XFab
- Fontes de alimentação, Geradores de sinais, osciloscópios, multímetros, DVM;
- 6 computadores PC desktop
- 1 servidor HP

Contexto

A microeletrônica é um dos pilares da criação do núcleo de pesquisa e inovação em tecnologias da informação (nPITI) associado ao IMD. Com as tecnologias CMOS atuais, é possível desenvolver solução integradas para novos tipos de problema em diversas áreas que antigamente não tinham acesso à esse tipo. Com redução significativa do tamanho, do consumo ou ainda do custo de produção, a microeletrônica é uma engenharia intimamente ligada à inovação.

Sala

302

Projetos

Esse laboratório não possui nenhum projeto associado.

Coordenadores

Diomadson Rodrigues Belfort

Vincent Patrick Marie Bourguet

Sebastian Yuri Cavalcanti Catunda

Docente

Discente de Graduação

Ana Carolina Cabral Pimentel de Melo

André Fellipe da Silva

Dimitri Fernandes Camilo de Lima

Guillherme da Silva Amaral

Homero Costa Medeiros

João Pedro Azevedo Carvalho

Luiz Henrique Souza da Silva

Raphaela Kethlim Souza Silva

Yang Azevedo Tavares

Discente de Mestrado

Hugo César Diniz Azevedo

Nayana Leticia de Morais Viana

Rafael Ferreira Alves de Assis

Discente de Doutorado

Bruno Augusto Ferreira Vitorino

Danilo de Santana Pena

Francisco Jadilson dos Santos Silva

José Taunaí Dantas Segundo

Pesquisador Externo

Adauto Luis Fonseca

José Batista de Sales Filho